O IEEE (Instituto de Engenheiros Eletricistas e Eletrônicos) é a maior associação profissional do mundo que promove avanços na tecnologia em benefício da humanidade. É responsável por publicar revistas técnicas, patrocinar conferências, desenvolver padrões de tecnologia e apoiar os interesses profissionais de mais de 423 mil membros. A missão do instituto é promover inovação e excelência tecnológica em benefício da humanidade. O IEEE cria um ambiente no qual os membros podem colaborar em tecnologias que mudam o mundo, desde a computação e sistemas sustentáveis de energia até a aeronáutica, comunicações, robótica e saúde, de forma a criar um mundo melhor. Assim, a comunidade técnica, no geral, encontrará um local onde seja valorizada e reconhecida por causar um impacto positivo para a humanidade a partir do seu conhecimento técnico/científico. Desse modo, é interessante ressaltar o lado humanístico da instituição. Alguns dos valores pregados pelo IEEE são: confiança, crescimento e educação, globalização, incentivo a parcerias, humanização e integridade nas ações.

O IEEE é líder no avanço da tecnologia, fomentando a prosperidade global pelo estímulo da inovação tecnológica, beneficiando as carreiras de seus membros e promovendo sua integração em uma comunidade global de profissionais de Engenharia Elétrica e áreas correlatas. Apesar de seu nome remeter à engenharia elétrica, a associação não segue seu nome à risca, uma vez que sua membresia compreende cientistas da computação, profissionais de tecnologia da informação, físicos, médicos e muitos outros profissionais.

O instituto apresenta divisões baseadas em proximidade geográfica e interesses técnicos. Neste sentido, existe a divisão global em 10 regiões e o Brasil se encontra na Região 9: América Latina e Caribe. Abaixo seguem todas as Regiões IEEE do Globo (clique na Região para ver mais informações):


As seções são os níveis mais locais de divisão das regiões. São compostas pelos Ramos Estudantis – representações estudantis do IEEE, pelos Capítulos Profissionais e Estudantis – representações de uma ou mais das 39 Sociedades Técnicas do IEEE, e pelos Grupos de Afinidade – subunidades não-técnicas do IEEE.

Dentro das Universidades ao redor do mundo, o IEEE atua por meio dos Ramos Estudantis. Esses grupos promovem atividades voltadas para o público estudantil com o suporte do IEEE. O principal objetivo do instituto ao aumentar a participação dos alunos através de atividades extracurriculares de cunho voluntário é fazer com que os envolvidos desenvolvam algumas softskills, afim de torná-los cidadãos e profissionais ainda mais bem preparados. Essas softskills seriam a capacidade de trabalhar em grupo, administrar projetos e equipes, organizar eventos, gestão de parcerias, criar uma nova rede de contatos e visão humanística para o ambiente profissional.

É interessante notar que o Brasil é divido em 5 Seções: Bahia, Centro-Norte Brasil, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Sul Brasil. Dessa maneira o Brasil, diferente de alguns países de porte territorial menor (como o Peru, por exemplo), não forma apenas uma região. No caso do Brasil, existe o Conselho Brasil, o qual agrega e mantêm unidas as Seções dentro do país.

Mais informações sobre o IEEE podem ser encontradas abaixo: